..::Ideologia Mutante::..

Atualidades, Política, Sensualismo, Poder, Bem x Mal

08 outubro 2007


Até quando, democrata?
***




Democracia.
Um regime político no qual todas as decisões importantes está na mão do povo, por meio de eleitos representantes
" O governo do povo, pelo povo e para o povo"..... e bla bla bla .

Brasil, um país democrata?
Até quando iremos nos abstermos de falar contra ela??
Enquanto pessoas em todo mundo preservam e defendem a intocável democracia,
acreditando ser a forma de governo mais livre que existe.
Nossos líderes nos dizem o que queremos ouvir e governam por populismo ao invés de razão. Realidade é um mundo distante. Nós criamos a nossa própria “realidade” por que com nossa tecnologia e nossos acordos sociais nós podemos viver em ilusão e esquecer as conseqüências. Ainda nos ensinam que a democracia, capitalismo e os direitos civis/das mulheres juntos apóiam a “liberdade” e que tudo que não seja livre é “mal”.
Afinal, esse caminho para morte corre em paralelo ao “progresso” e “liberdade”, que estão trazendo para nós um tempo iluminado, livre de guerras e vontade — ou isso também é ilusão? Nós imaginamos, e não fazemos nada.
Que senado é esse que nos representa?
Um sistema não-representativo, não-democrático, que corre impunemente pelas veias do Congresso Nacional e que desmoraliza a instituição!

Nos EUA
Os candidatos à Presidência gastaram US$ 607 milhões na eleição de 2000, enquanto os candidatos ao Congresso gastaram ligeiramente acima de US$ 1 bilhão. O candidato médio eleito para o Congresso gastou US$ 7,4 milhões naquele ano, e o candidato médio eleito para a Câmara dos Deputados, US$ 849 mil.

No brasil este ano, o gasto total das campanhas no país ficou entre R$ 1,3 bilhão e R$ 1,6 bilhão, segundo dados declarados pelos candidatos que prestaram contas dentro do prazo à Justiça Eleitoral. No total geral, as campanhas arrecadaram quase a mesma coisa, com um déficit de apenas R$ 2,3 milhões.

Tudo isso gasto com mídia e propaganda tentando influenciar/convencer o povo de que à alguma escolha. Enquanto isso estamos acomodados dentro de uma prisão, alimentados e mimados pelo capitalismo.

Livres e democratas? Até quando ?



(by juhnior)

21 julho 2007

..:::† † Doce Inferno † †:::..





***
Inspiro
Longamente
Duramente

Olhar
Vago
Pesaroso
Desiludido

Instigo-me
A perguntar-me
Se existente
Realmente és
Tu
Ser imaginado

Bastaria apenas
Um grito
Um: “Hey, estou aqui”

Mas não ouço
Nem sussurros
Nem cochichos
Perante tanta insanidade
egoísmo
futilidade
ódio

Consegue ficar ai sentado
Cochilando
Enquanto gritamos em vão

Não ouço nem vejo
Em ti
Tristeza ou prazer

Teu silencio
Consente tudo aqui

Mas não te canses
Nem te fatigues
Continue a dormir

Lúdico personagem imaginário..

Meus Sinceros lamentos as vitimas do avião da Tam do vôo 3054





---Juniorgyn.blogspot.com (blog of Junior)----
(by juhnior)

Se copiar, o menos deixe os creditos a mim...
Obrigado.

10 junho 2007

..:::† † Um Pra Frente, Dois Pra Traz. † †:::..



Não deixe
Mais uma vez o tempo passar
Sem você.
Levante-se
E vamos brincar

As estrelas não param de brilhar
O sol nunca se apaga
A lua ainda não caiu

Você só se esqueceu como É
Viver

Só hoje
Quero acordar cedo
Sentar na grama sob o sol
E tocar uma musica
Que te faça feliz, por um instante.
Sentir que somos
Um só
Coração


Não tenha medo meu amor
De sair lá fora

Lá existe um alguem............

Você só se esqueceu como É
Viver

.......... Um alguém
Que hoje
Te fará sorrir

Não tenha medo meu amor
São,
Só crianças
Que esqueceram a razão de serem o que são

É só mais uma modinha da televisão

Não os ouça!


E dai! Se eles são indiferentes
E dai! Se hoje não temos dinheiro
E dai! A sua roupa
E dai! O a manha

Tente não pensar
Em que nos habituar
De quem devemos falar
Que marca devemos usar
Onde vamos ficar
Com quem devemos transar
E quando vamos mudar

E dai! O seu estilo
E dai! As suas drogas
E dai! O seu Orkut
E dai! A musica da hora
E dai! Se já É tarde

Por que
Meu bem






---Juniorgyn.blogspot.com (blog of Junior)----
(by juhnior)

Se copiar, o menos deixe os creditos a mim...
Obrigado.

06 maio 2007



..:::† † Tédio † †:::..

***

Qualquer coisa q me deixe acordado
Qualquer coisa q me deixe vivo
Qualquer coisa q me transforme
Ausente de mim mesmo ao meu lado
Que rasgue o ar ao meu redor
E sangre o tecido dos meus olhos

Que me fassa perceber a beleza das estrelas
E a pureza inocente de uma criança

Que hoje nao estou só
Que hoje nao estou só

Que hoje nao estou só


Só vou sonhar acordado
Sinta o cheiro do pecado
Mais uma gole
Mais um tiro
Mias um vazio
Mais Mais Mais
Vou dar mais um tiro nesta puta
Vou dar mais um tiro nesta puta


Que hoje nao estou só




---Juniorgyn.blogspot.com (blog of junior)----
(by juhnior)

Se copiar, omenos deixe os creditos a mim...
Obrigado.



..:::† †( por Hegenberg ) † †:::..

O aumento desses casos, apresentando depressão, vazio, tédio e solidão nas sociedades capitalistas
pode ser pensado como uma falsa promessa de preencher o vazio existencial com um consumo
exagerado que deveria prover a felicidade eterna. Entretanto, o consumo das roupas de grifes,
carros possantes, filmes da moda, não são suficientes para preencher esse vazio e ao mesmo
tempo não é oferecido um ambiente acolhedor e estável,
que abrigue as necessidades afetivas
do indivíduo, constituindo um espaço capaz de promover o
desenvolvimento de sua subjetividade.
Não é de se admirar, portanto, que o número de pessoas com um funcionamento limite
esteja aumentando, pois elas são o reflexo de uma sociedade
pouco preocupada com o
bem estar dos cidadãos e mais interessada na globalização e nos efeitos econômicos.
Essa pessoas estão em busca de si mesmas, tentando desesperadamente lidar
com a dor e o vazio de suas existências.Tentando simplesmente existir!
Hegenberg


..:::† †( por Renato Russo ) † †:::..


Legião Urbana - A Dança

Não sei o que é direito
Só vejo preconceito
E a sua roupa nova
É só uma roupa nova
Você não tem idéias
Pra acompanhar a moda
Tratando as meninas
Como se fossem lixo
Ou então espécie rara
Só a você pertence
Ou então espécie rara
Que você não respeita
Ou então espécie rara
Que é só um objeto
Pra usar e jogar fora
Depois de ter prazer.
Você é tão moderno
Se acha tão moderno
Mas é igual a seus pais
É só questão de idade
Passando dessa fase
Tanto fez e tanto faz.
Você com as suas drogas
E as suas teorias
E a sua rebeldia
E a sua solidão
Vive com seus excessos
Mas não tem mais dinheiro
Pra comprar outra fuga
Sair de casa então
Então é outra festa
É outra sexta-feira
Que se dane o futuro
Você tem a vida inteira
Você é tão esperto
Você está tão certo
Mas você nunca dançou
Com ódio de verdade.
Você é tão esperto
Você está tão certo
Que você nunca vai errar
Mas a vida deixa marcas
Tenha cuidado
Se um dia você dançar
Nós somos tão modernos
Só não somos sinceros
Nos escondemos mais e mais
É só questão de idade
Passando dessa fase
Tanto fez e tanto faz
Você é tão esperto
Você está tão certo
Que você nunca vai errar
Mas a vida deixa marcas
Tenha cuidado
Se um dia você dançar.